domingo, 8 de novembro de 2009

Afinal quem é que faz propostas?

Infelizmente as imagens captadas pelo José Gonçalez não abarcam toda a reunião de Câmara (a primeira deste mandato) e assim não poderei demonstrar que, passada a celeuma inicial com a Vereadora Sílvia Dias, quando começaram a ser tratados problemas concretos de Estremoz, a única pessoa que apresentou propostas alternativas às da maioria fui eu próprio.

Fi-lo em relação à Cozinha dos Ganhões onde propus (e demonstrei porquê) a montagem de uma tenda junto ao pavilhão B para permitir a venda de produtos emblemáticos da região, nomeadamente vinhos, enchidos tradicionais, etc. A maioria, em termos práticos, não propôs nada de novo que não fosse acabar com a cobrança de 1 euro por cada entrada, questão que, em abono da verdade, se afigura se somenos importância (ainda que, demagogicamente, se lhe pretenda atribuir um relevo transcendental). Os socialistas (os dois sobrantes) quiseram desvalorizar a minha proposta referindo que quem quisesse já podia fazer tais vendas no figurino da Cozinha dos Ganhões do ano passado. A verdade, porém, não é bem essa, conforme referi em artigo anterior.

Em vídeo, a minha proposta sobre o IMI.

Imagens captadas por José Gonçalez

0 Comentários:

Enviar um comentário

Receba os nossos artigos por e-mail

Related Posts with Thumbnails

Número total de visualizações de página

CQ Counter, eXTReMe Tracking and SiteMeter

eXTReMe Tracker
Site Meter