domingo, 15 de fevereiro de 2015

A análise de Vítor Bento


Confesso que fiquei um pouco surpreendido com esta análise do meu conterrâneo Vítor Bento... De facto, durante algum tempo pensei que ele estava do lado daqueles que subscreviam a cura radical através do reequilíbrio das contas públicas e dos défices externos.

Constato que, afinal, Vítor Bento apresenta agora uma visão substancialmente diferente, demarca-se da “cura radical” e, como se isso não bastasse, apresenta uma solução de inspiração Keynesiana modificada (ou melhorada, se quiserem).

(É sabido e consensualmente aceite que o Keynesianismo puro foi ultrapassado por dois fenómenos que Keynes não conseguiu prever: (1) a inflação pelos custos, que veio à tona com a crise energética gerada pelo choque petrolífero de 1973; e (2) pela crescente interdependência dos países à escala planetária, cuja abertura progressiva das respectivas economias ao comércio internacional levou àquilo que comummente se designa por Globalização e que se acentuou de forma marcante (e, provavelmente, irreversível) a partir dos anos 80 do século passado. Acredito piamente que se Lorde Keynes fosse vivo e estivesse na plenitude das suas faculdades mentais já teria revisto a sua teoria base e, quem sabe, talvez tivesse encontrado uma nova solução similar àquela que Paul Samuelson popularizou no século XX.)

Enfim, Economia é aquela disciplina em que todos parecem saber mais que os economistas. Não sei se foi Vítor Bento quem descobriu a solução miraculosa que vai pôr as economias novamente na rota do crescimento. Não sei sequer se ele mudou de opinião ou se antes não disse tudo quanto parece (agora) saber. Só sei que me surpreendeu… pela positiva, sublinhe-se, já que mudar de opinião, se é que isso aconteceu, não tem em si nada de errado.

Como dizia Lorde Keynes: “Se tenho a acesso a nova informação, é natural que a minha opinião mude. O que faria o Senhor no meu lugar?” (em resposta a quem insinuava a sua inconsistência).

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Olhem só que publicidade tão deliciosa

O 007 salvava o mundo... o 707 só o destrói...



707

Receba os nossos artigos por e-mail

Related Posts with Thumbnails

Número total de visualizações de página

CQ Counter, eXTReMe Tracking and SiteMeter

eXTReMe Tracker
Site Meter